.:: Nossa Paróquia
.: Página Principal
.:: On Line
.: Webmail
.: Fale Conosco
.:: Links Importantes
.: Santo do dia
:.. Pastoral do Batismo
PASTORAL DO BATISMO


O Batismo, primeiro Sacramento da iniciação cristã, é um acontecimento festivo e, quando se trata do Batismo de uma criança, o povo vive o batizado como um acontecimento muito significativo.

O Batismo é uma ação singular realizada em comunidade. Ela requer expressão adequada, significativa, orante e simbólica, a fim de que os diferentes aspectos da vida e do mistério da fé, os quais a comunidade deseja celebrar, sejam vivenciados, ou melhor, festejados.

Para que a comunidade possa vivenciar, festejar, celebrar dignamente o ato sacramental, a Paróquia dispõe de um grupo de leigos e leigas que integram o que se denomina Pastoral do Batismo e que se dedicam à preparação de pais e padrinhos para o maravilhoso evento da celebração do Batismo de seus filhos/afilhados.

Quando se trata da Matriz Paroquial, a ação da Pastoral do Batismo inicia-se na Secretaria Paroquial, no momento em que a mãe, algumas vezes a avó e raramente o pai, vem buscar informações sobre o que fazer para batizar sua criança. A Secretária Paroquial é a agente da Pastoral que tem como responsabilidade manter o primeiro contato com essa pessoa, garantindo-lhe uma acolhida boa e carinhosa e fornecendo-lhe todas as informações necessárias, de acordo com as exigências e recomendações previstas no Diretório Arquidiocesano de Pastoral, para a realização do Batismo de crianças.

Caso a família possa atender às mínimas exigências, a Secretária preenche então uma ficha de inscrição que irá conter os dados informativos sobre o batizando, seus pais e padrinhos, essenciais para que seja feito o devido registro no livro correspondente, após a celebração do Sacramento. O interessado será também informado sobre os dias e horários em que pais e padrinhos deverão comparecer ao local que for designado para participarem dos momentos de formação ou catequese de preparação para o Sacramento.

Ações semelhantes às que foram acima descritas são também cumpridas nas Comunidades atendidas pela Paróquia.

Atualmente, mais de 30 leigos e leigas estão diretamente envolvidos com a Pastoral do Batismo, na Matriz e Comunidades e a Coordenação está a cargo do leigo Osório Fonseca Neto, que pode ser contatado através do telefone da Secretaria Paroquial (656-5445).


CALENDÁRIO DE ATIVIDADES PARA 2004

Na Matriz Paroquial, o calendário de celebrações para o ano de 2004 é o seguinte:

Janeiro
Preparação: não haverá
Celebração: Não haverá

Fevereiro
Preparação: 9, 10, 11
Celebração: 15
Março
Preparação: 22. 23. 23
Celebração: 28
Abril
Preparação: 19, 20, 21
Celebração: 25
Maio
Preparação: 17, 18, 19
Celebração: 23
Junho
Preparação: 21, 22, 23
Celebração: 27
Julho
Preparação: 19, 20, 21
Celebração: 25
Agosto
Preparação: 23, 24, 25
Celebração: 29
Setembro
Preparação: 20, 21, 22
Celebração: 26
Outubro
Preparação: 25, 26, 27
Celebração: 31
Novembro
Preparação: 22, 23, 24
Celebração: 19
Dezembro
Preparação: 13, 14, 15
Celebração: 19

As Comunidades obedecem a calendários próprios, de acordo com suas necessidades.

ENCONTROS DE PREPARAÇÃO

O Batismo de crianças exige sérias garantias de que a família eduque cristãmente o batizado. Antes da admissão das crianças ao Batismo, os pais e padrinhos devem refletir juntos sobre a responsabilidade que irão assumir, através de encontros de preparação, com os leigos acima mencionados, os quais estão devidamente preparados pastoralmente para realiza-los. Estes encontros são destinados aos casos de Batismo de crianças até os oito anos de idade.

Entre os nove e os quinze anos de idade, o candidato ao Batismo deverá ser preparado pela catequese de Primeira Eucaristia. A partir dos quinze anos, a preparação é feita, normalmente, participando da catequese crismal.

EXIGÊNCIAS PARA O BATISMO

  • A Arquidiocese de Manaus regulamenta o batismo da seguinte forma:
    Sejam respeitadas as áreas de jurisdição paroquial. Para admitir ao batismo pessoas de outra paróquia, é necessária a autorização escrita do responsável pela paróquia de origem (Pároco ou Administrador Paroquial);

  • As famílias do interior que passam mais de seis meses em Manaus, podem solicitar o batismo dos filhos, depois de conveniente preparação;

  • O Batismo pode ser realizado na Igreja Paroquial, na capela da comunidade ou no lugar onde se reúne a Comunidade Eclesial de Base; evite-se o batismo em casas particulares, exceto em perigo de morte;

  • Com relação ao batismo realizado por leigos em caso de perigo de morte, lembra-se a obrigação de registrar o fato na secretaria da Paróquia e complementar o restante da cerimônia na Igreja;
  • Nunca é demais insistir na presença dos pais (pai e mãe) na preparação e celebração do Sacramento do Batismo; mas não se deve negar o batismo quando só um dos dois se mostra eclesialmente responsável;

  • Pode-se conceder o batismo quando a prudência pastoral descobrir na pessoa do padrinho ou em outros membros da comunidade a real possibilidade de garantir a educação cristã da criança;

  • Quando os pais têm vida irregular (casados só no civil, mães solteiras, etc) pode-se conceder o batismo apelando para a prudência pastoral. Cada caso deve ser examinado na sua singularidade. É impossível dar uma norma rígida. O importante é acolher esses pais com caridade, oferecendo-lhes, quando possível, oportunidade de normalizar a situação. Nesse caso, os padrinhos devem ser pessoas de vivência cristã;

  • Quando os pais não têm a mesma religião, é indispensável que a parte católica, apoiada pela comunidade, ofereça garantias reais de educação católica à criança. Cada caso deve ser julgado na sua singularidade;

  • Os padrinhos tenham pelo menos 16 anos, sejam católicos, crismados. Convém conscientizar os pais para que escolham como padrinhos pessoas capazes de assumir os compromissos decorrentes do Batismo;

  • Nos colégios católicos só sejam realizados batismos de adultos com licença do pároco da paróquia onde reside o batizando;

  • Ordinariamente deve-se pedir o registro civil para a realização do Batismo. Em todo caso, tenha-se cuidado que não haja divergências de nome e data de nascimento;

  • Além de registrar devidamente, é fornecido a todos os batizados o respectivo batistério (certidão de Batismo);

  • Sobre a validade do batismo em outras Igrejas, seguem-se as normas do guia ecumênico.

BATISMO DE OUTRAS IGREJAS

A) É válido, sem dúvida, o batismo ministrado em certas Igrejas; por essa razão um cristão batizado numa delas não pode ser normalmente rebatizado, nem sequer sob condição.
São elas:

  • Igrejas Orientais que não estão em plena comunhão com a Igreja católica-romana (= Ortodoxas);
  • Igreja vétero-católica;
  • Igreja Episcopal do Brasil (= Anglicanos);
  • Igreja Evangélica da confissão Luterana no Brasil;
  • Igreja Luterana do Brasil;
  • Igreja Metodista

B) O Batismo, em outras Igrejas, não é tido como elemento essencial de "justificação". Daí, certos pastores não considerarem urgente o receber o Batismo. Contudo, quando essas Igrejas o realizam, seu conteúdo e sua forma ritual são válidos. Também neste caso, um cristão batizado numa delas não pode ser normalmente rebatizado, nem sequer sob condição.
São elas:

  • Igrejas presbiterianas;
  • Igrejas batistas;
  • Igrejas congregacionistas;
  • Igrejas adventistas;
  • E a maioria das Igrejas pentecostais (i. e.: Assembléia de Deus, Congregação Cristã do Brasil, Exército da Salvação - este grupo não costuma batizar, mas quando o faz, realiza-o de modo válido quanto ao rito)

C) A validade é duvidosa em outras Igrejas. O cristão que tiver sido batizado numa delas terá que se batizar novamente, sob condição:

  • Igreja Pentecostal Unida do Brasil;
  • Igrejas Brasileiras;
  • Igreja de Jesus Cristo dos santos dos últimos dias (Mórmons);
  • Igreja Universal do Reino de Deus.

D) É com certeza inválido o Batismo ministrado nas seguintes Igrejas:

  • Testemunhas de Jeová;
  • Ciência Cristã.
 
Site Melhor Visualizado em 800X600
Todos os Direitos reservados - PNSRA © 2004
Rua Washington Luiz, Nº 55 Conjunto Dom Pedro I
Fone e fax: 656-5445
Manaus / Amazonas / Brasil
Desenvolvido por FigMen